Renda familiar será critério para desempate no Vestibular

A Comissão Central do Vestibular Unificado (CVU), da Universidade Estadual de Maringá (UEM), adotou novos procedimentos  para o Vestibular de Inverno 2016 que terá início no próximo domingo (17) e prosseguirá até terça-feira (19). 

O primeiro procedimento  é que, para efeito de desempate entre dois ou mais postulantes a um mesmo curso, turno e câmpus, a vaga será destinada ao  candidato que tiver comprovado renda familiar inferior a 10 salários mínimos ou o de menor renda quando mais de um concorrente preencher o critério inicial.
Vale lembrar que, na inscrição para o Vestibular, o candidato deve declarar a renda familiar, em salários mínimos. Os documentos comprovando o rendimento serão apresentados no ato da matrícula, caso haja empate. Em caso de informação falsa, o candidato está sujeito à perda da vaga
.

presidente da CVU, Maria Raquel Marçal Natali falou sobre o assunto:

Confira a entrevista: