Projeto de Eficiência Energética na UEM

A instituição recebeu quase cinco milhões de reais em chamada pública da Copel e da Agência Nacional de Energia Elétrica – a Aneel. Com a aprovação do projeto, a Universidade deve substituir lâmpadas por outras mais eficientes e instalar placas fotovoltaicas. A chamada pública ainda contempla um Projeto de Pesquisa e Desenvolvimento em que a Universidade deve receber mais um milhão e 800 mil reais. Quem fala sobre o assunto, com a jornalista Liliana Mello, é o prefeito do campus Carlos Augusto Tamanine: