Palestra em colégio estadual tem como tema o Celular e a miopia

O Doutor Alessandro Tsuneto do Hospital Universitário da Universidade Estadual de Maringá (UEM) juntamente com o Professor Doutor Jorge Juarez Vieira Teixeira (DAB/UEM), alunos da Disciplina Atenção em Saúde (UEM) e a Unidade Básica de Saúde Pinheiros realizarão Palestras e Atividades Educativas com os alunos do Colégio Estadual Tancredo de Almeida Neves.

O cronograma conta com quatro dias de atividades começando hoje, (8), e finalizando no dia 22. O público consiste desde alunos do Ensino Fundamental até os que já estão no Ensino Médio bem como adultos e Pais dos estudantes. 

A palestra programada para os dias de atividade chama-se "Celular e miopia" e visa abordar os prejuízos causados a visão pelo uso não racional de celular, computador, televisão e tablets. 

Evento sobre cultura popular chilena acontecerá em solo maringaense

O evento de extensão “Explorando fronteiras musicais: a música de cultura popular chilena” será realizado na Universidade Estaduald de Maringá e contará com a presença do Palestrante Prof. Carlos André Poblete Lagos - Universidade de O'Higgins.

Inscrições devem na secretaria da UNATI ou pelo email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. de 01 a 08/11/2018.

Vagas limitadas.

Programação:

 

Dia: 09/11/2018

 

Local: Teatro Oficina UEM
Horário: 8:30 h às 11:30h

Palestra e atividade prática, tendo como tema as influências presentes na música de cultura popular Chilena, focando no conhecimento prática de repertório de dois importantes ícones: Violeta Parra e Victor Jara.

 


 

Dia: 10/11/2018

 

Local: Bloco 08, sala 08
Horário: 9:00 às 12:00 h

 Ritmos Chilenos para violão, compreendendo – ritmos tradicionais (“Huayno” e “Takirari” (zona norte), “Cueca tradicional”, “Cueca campesina”, “Cueca urbana” e “Rasgueo cojo” (zona central), “Rin” e “Vals” (Chiloé - sul). "Finares campesinos" (afinação transposta para violão) e afinação por "tercera alta", “Canciones” e “toquíos” (forma de execução que mescla melodia e ritmo, geralmente com arpejos e rasgueios, utilizados em parte da música tradicional chilena, com a “guitarra campesina” e o “guitarrón chileno”.

Professor da UEM é um dos finalistas do Prêmio Jabuti

O docente do curso de Filosofia da UEM, Evandro Luís Gomes, que concorre na categoria eixo Ensaios – Humanidades, com a obra: “Para além das colunas de Hércules, uma história da pára-consistência: de Heráclito a Newton da Costa”.

O Prêmio Jabuti é o mais importante prêmio literário do País e é organizado pela Câmara Brasileira do Livro e a cerimônia de entrega será no mês que vem.

Ouça a entrevista de Liliana Mello com o finalista:

Presença negra ganha os holofotes em evento que começa hoje

"A presença negra na Universidade" será o tema central da 12ª Semana Afro-Brasileira, que ocorrerá começa hoje, (5), até do dia 8 de novembro, na Universidade Estadual de Maringá, com a presença da promotora do Ministério Público da Bahia, Lívia Sant'Anna.

Outra atração do evento, organizado pelo Núcleo de Estudos Interdisciplinares Afro-Brasileiros  - NEIAB - da UEM, será o "Pretume, encontro de performances de corpos negros". Ele ocorrerá hoje, às 19h, em frente da Biblioteca Central.

Foram convidados estudantes, professores, pesquisadores e funcionários que possam socializar os seus saberes e vivências por meio de performances, palestra e mesas redondas.

As inscrições pelo site, mediante a taxa de R$ 20,00.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (44) 3011-5065.

Flash Mob será feito para o Samba Day

Uma performance da dança instantânea conhecida como “Flash Mob” será gravada para ser exibida nas redes sociais no Dia Mundial do Samba, 2 de dezembro.

Data da gravação: 11 de novembro

Local: Praça da Catedral em Maringá

Confira a entrevista de Liliana Mello com o professor de dança de salão, coordenador do evento Flash Mob em Maringá, Andréo Machado:

 

Sofrimento psíquico será tema de palestra de psicólogo

Evento, com entrada franca, é aberto a qualquer interessado e requer inscrição pela Internet.

"Por quê devemos falar sobre sofrimento psíquico nos espaços acadêmicos?". Este será o tema da palestra que o psicólogo e professor Paulo Vitor Palma Navasconi dará no evento que é promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência e a Matemática, sob a organização do professor Carlos Alberto Magalhães Junior, do PCM.

Mestre em Psicologia, Paulo Vitor é membro do coletivo Yalodê-Badá e do Núcleo de Estudos Interdisciplinar Afro-Brasileiro (Neiab), da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Ex-coordenador estadual da cadeira LGBT do Fórum Paranaense de Juventude Negra, está cursando doutorado em subjetividade e práticas sociais na contemporaneidade, na UEM. Também é membro do grupo de pesquisa em sexualidade, saúde e política e ainda integra a Comissão de Direitos Humanos do Conselho Regional de Psicologia (Sede Paraná 08). Leciona na Faculdade Cidade Verde (FCV), em Maringá, e seus estudos atuais são relacionados a raça, gênero, genocídio da população negra, história da Psicologia e comportamento suicida.

 

A palestra também faz parte da celebração dos 15 anos do PCM e está aberta a todos os interessados tanto da comunidade interna quanto da comunidade externa à UEM.

 


 

Data: 5 de novembro (Segunda-feira)

Horário: 20h

Local: Anfiteatro do bloco F-67

 


 

As inscrições devem ser feitas Internet. Outras informações no site ou telefone (44) 301-4827.